Starter Acceleration Program terá módulos em três regiões e a final será na Web Summit, em Lisboa.
 
A EDP vai juntar num só programa global as várias ferramentas de aceleração de startups que tem atualmente disponíveis nos países em que está presente: O Starter Acceleration Program está à procura de startups de todos os países, ligadas ao setor de energia, e tem as candidaturas abertas a partir de hoje e durante seis semanas. O programa vai contar com a L Marks e a Ace, duas especialistas em projetos de inovação e empreendedorismo, com presença mundial.
 
A partir do sucesso dos programas de inovação que a EDP tem desenvolvido ao longo dos anos nos países em que está presente (EDP Open Innovation e EDP Starter Espanha e Brasil), o grupo decidiu unir num programa global a procura por startups com tecnologias inovadoras, que possam ser adaptáveis aos negócios da empresa.
 
A EDP está à procura de startups de todo o mundo e, nesse sentido, o novo programa vai ter módulos em três regiões – Europa (em Madrid, Espanha), América do Sul (em São Paulo, no Brasil) e América do Norte (em Houston, nos Estados Unidos) -, onde a EDP já tem uma presença forte e experiência reconhecida na área da inovação. Depois de uma fase de trabalho intensivo com a EDP, em que estas equipas vão desenvolver projetos adaptáveis à empresa, serão selecionadas as startups com maior potencial para a final, que será realizada em Lisboa, em novembro, em plena Web Summit. As escolhidas terão um espaço próprio na maior cimeira de inovação e empreendedorismo da Europa, para mostrarem os seus produtos e procurarem oportunidades de negócio.
 
Em linha com as áreas estratégicas da EDP, o Starter Acceleration Program está à procura de projetos de sete categorias: energias limpas, soluções para clientes, análise de dados, armazenamento de energia, redes inteligentes, acesso à energia e processos internos inovadores. Durante o programa, as startups vão também ter acesso a vários apoios e benefícios, como o aconselhamento de especialistas em inovação, marketing, entre outros.
 
“Não podíamos estar mais satisfeitos com esta evolução dos vários programas de aceleração de startups para uma iniciativa verdadeiramente global, que coloca a nossa fasquia de qualidade ainda mais elevada. Acreditamos que este é o caminho certo na nossa busca por novos modelos de negócio e serviços que possam ser adotados pelos negócios que temos em 16 países”, destaca Carla Pimenta, diretora do apoio ao empreendedorismo da EDP.
 
O primeiro módulo do programa vai realizar-se em Madrid, em junho, seguido de um segundo em São Paulo, em julho, e um terceiro, em setembro, em Houston. As candidaturas estão abertas até 6 de maio e podem ser feitas em edpstarter.com/acceleration.
 
EDP foi eleita Escolha do Consumidor 2019. Saiba mais aqui.

Conheça aqui o projeto de Marketing Escolha do Consumidor