Os supermercados nacionais vão ter pontos de recolha de plástico usado (sem data prevista), que irão ser convertidos derivando do peso entregue pelo consumidor em senhas de desconto. 

 

Estes planos foram divulgados pelo secretário de Estado do Ambiente, estes fazem parte do trabalho feito pelo grupo de trabalho sobre plásticos, assinalando que ainda no ano de 2021 vai ser implementado um sistema mais alargado de incentivos. O Governo vai ainda assinar protocolos com três organizações que estão no centro da indústria do plástico, sendo estas a Associação Portuguesa dos Industriais de Águas Minerais Naturais e de Nascente, a Associação Portuguesa de Bebidas Refrescantes não Alcoólicas e a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal.

Para que este plano possa ser realizado, o estado pensou que em vez de ter um plástico para a garrafa, outro para a tampa e outro para o rótulo, poderia apenas existir apenas um único composto, para que o tratamento dos resíduos possa ser mais simplificado. Já restauração o desafio vai ser trazer de volta o vidro para as mesas, criando assim um guia de boas práticas. Assim irão existir novos planos como Ecodesing, que transforma estes materiais em novos objetos.

 
 
FONTE


Conheça aqui o projeto de Marketing Escolha do Consumidor